O sprint final da preparação para Exame da OAB

Uma maratona tem 42 km (e 195 metros) de extensão, a distância que percorreu o soldado ateniense Fidípides, segundo reza a lenda grega, entre o campo de batalha de Maratona até Atenas para anunciar a vitória do seu exército sobre os persas. Não é um percurso para qualquer um, portanto, não só a preparação deve ser planejada como também a execução. É inevitável comparar uma maratona com os estudos para OAB ou concursos: treino, concentração e a corrida em si são etapas necessárias para chegar ao final.

Lembre que uma maratona não começa quando é dado o sinal, mas muito tempo antes com treinos e corridas simuladas. Uma preparação para o Exame de Ordem é a mesma coisa. Precisa resolver muitas questões antes, estudar, ler e conhecer o conteúdo que cai na prova. Porém, toda esta sequencia deve respeitar regras e a própria capacidade do atleta ou do estudante.

Assim, maratonistas experientes e vitoriosos acumulam fôlego e energia durante a corrida para intensificar nos últimos quilômetros do percurso. Dentro da nossa preparação, são os últimos dez dias ou a última semana antes da prova.

Ocorre que muitos entram num ritmo intensivo e rigoroso cedo demais, logo após a largada. O que acontece? Antes do meio da prova já cansaram, perderam foco, interesse e atitude para chegar à data do exame com a preparação em dia. Não esperaram o sprint final, ou seja, aquele momento crucial de aceleração progressiva até a linha de chegada e que acontece nos últimos quilômetros. Nos estudos, como referido antes, ocorre nos últimos dias.

Desse modo, invista em maior carga horária de estudos, de leitura, de resolução de questões e aulas nas semanas antes da prova.

Se o destino é o concurso público, foque nas disciplinas com maior peso na prova ou se o peso é igual, reforce aquelas que geram dúvidas sobre seu desempenho. Caso seja OAB, invista em Ética, a rainha das disciplinas, porque gabaritando ela pode pavimentar a sua aprovação. Também em CDC e ECA, pois as chances de gabaritar são maiores e acompanham Ética no pódio de maior aproveitamento segundo a FGV.

Estou acostumado a ler “dicas” que o examinando deve “não fazer” nada na véspera da prova, curtir a vida para ficar relaxado para enfrentá-la com todas as forças no dia seguinte. Pergunto: com toda a responsabilidade do dia da prova, será que é, humanamente, possível esquecê-la e viver em paz 24 horas antes? Neste caso, a teoria e a prática são avenidas que nunca se cruzam.

Véspera de prova é dia de concentração e não de dispersão. Sendo assim, mantenha seu pique e sua corrida, porque não é o momento de terminá-la caminhando.

Assim, no sábado, porque não fazer mais uma leitura do Estatuto da OAB, resolver mais questões de Ética para ter a certeza que no domingo você gabarite a disciplina? Talvez não seja o momento para assistir a revisões ou os conhecidos “aulões” de véspera, a não ser que você já esteja saturado de tanta leitura e a matéria esteja pronta ou também a ansiedade é tão grande que pode ser uma forma de “descarregar” suas emoções. Como em toda maratona, a concentração faz parte da vida do maratonista, seja na véspera, seja instantes antes da largada da corrida.

E o dia da prova, a sua corrida, também tem que ser planejada, começando por Ética e pautando as disciplinas que você tem maior conhecimento ou se sente à vontade de responder. Lembre que em cinco horas seu corpo irá acusar muitos momentos de extremo cansaço, atrapalhando o raciocínio também. Por esta razão, deixe para o final aquilo que você acredita que a sorte poderá ajudar de alguma forma.

Outra dica valiosa é nunca mude uma alternativa depois de marcada no caderno, provavelmente, você irá errar. E se houver dúvida entre duas, deixe para o final, quem sabe o seu Anjo da Guarda assopre a resposta.

Se o pódio está tão próximo, é agora que tudo fará sentido. Aposte nas suas forças e busque superar todas as suas pressões, aceitando-as. Elas não desaparecerão da noite para o dia, por isso, acomode elas fora dos seus pensamentos e use a parte que importa: o que está armazenado durante toda esta maratona. A vitória está com você e ninguém poderá tirá-la, pois o único concorrente nesta maratona é você mesmo!

Conta pra gente: como vai ser a sua preparação nessa reta final?