Qual o melhor método para começar a estudar para a OAB?

método-estudos-oab

Você talvez já tenha conhecido alguém que foi bom aluno na faculdade e, ainda assim, foi reprovado no Exame da Ordem. Quando isso acontece, é normal se perguntar o que deu errado e qual é a melhor forma de começar a estudar para a OAB.

O fato é que muita gente se esquece de que não é preciso apenas dominar o conteúdo. Afinal, muitas vezes a reprovação não acontece por falta de estudo, e sim por não ter atenção a alguns pontos antes do Exame.

Pensando nisso, elaboramos este post com algumas dicas para ajudar você a iniciar os estudos e a garantir a tão sonhada aprovação na OAB. É hora de arregaçar as mangas e por as mãos à obra!

Defina a data do Exame

Ainda que as datas das provas da OAB não tenham sido definidas, é possível estimar quando os exames serão aplicados com base nas edições anteriores.

Planejar com antecedência quando você fará a prova é importante para calcular o tempo disponível. Lembre-se: quanto antes você começar a se preparar, maiores serão as chances de aprovação.

Se você definir em janeiro que vai prestar o Exame no final do ano, por exemplo, terá um ano inteiro para se preparar. Isso ajuda a distribuir melhor o conteúdo ao longo dos meses.

Quando for escolher a data do Exame não se esqueça, ainda, de levar em consideração a monografia de conclusão de curso, que também demanda muito tempo e energia e pode “competir” com o tempo disponível para a OAB.

Conheça bem a prova

Conhecer bem as estratégias do jogo aumenta muito suas chances de vencê-lo, concorda? E no caso da prova da OAB não é diferente. Aí vão algumas informações básicas sobre a 1ª fase do Exame:

  • a prova é composta por 80 questões;
  • o candidato tem 5 horas de prova, ou seja, pouco mais de 3 minutos para cada questão;
  • a prova não é separada por disciplinas;
  • ainda que o número de questões por disciplina varie, as questões possuem o mesmo peso.

Além disso, existe um padrão em relação à ordem em que as questões aparecem e ao número de questões por matéria. Assim, procure provas mais recentes da OAB e confira a estrutura. Isso ajudará você a saber “o que esperar” da prova, contribuindo para sua preparação e aumentando sua autoconfiança no dia do Exame.

Escolha um bom curso preparatório

Definir o método de estudo é, sem dúvida, uma das principais etapas para começar a estudar para a OAB.

Ao optar por um curso preparatório — seja com aulas presenciais ou videoaulas —, o candidato tem a vantagem de estar diante de um conteúdo planejado especialmente para o Exame da Ordem.

Também é importante que o candidato confira se o curso conta com:

  • professores experientes — são importantes por terem bom conhecimento sobre a prova, o que faz com que estejam por dentro das tendências do Exame;
  • ensino didático — como ao longo da preparação você assistirá a dezenas de aulas, nada melhor do que contar com professores que transmitam o conteúdo com facilidade;
  • material específico — optar por um curso específico para o Exame é fundamental para otimizar os estudos;
  • material atualizado — já que as leis mudam frequentemente, certifique-se de que o conteúdo oferecido contempla as alterações legislativas mais recentes;
  • recursos de ensino — um bom curso preparatório é aquele que acompanha suas necessidades e horários. Por isso, invista em um curso com videoaulas e simulados online, para que você possa estudar quando e onde quiser.

Faça um plano de estudos

Depois de definir a data do Exame, pesquisar sobre a prova e escolher o curso preparatório, é hora de traçar um plano de estudos.

Um bom cronograma evita que você se submeta à prova objetiva sem ter visto todo o conteúdo. Calcule o número de horas diárias de estudo com base na quantidade de horas/aula que você pretende assistir.

É claro que imprevistos sempre podem acontecer, mas lembre-se de que quanto mais fiel você for ao seu plano de estudos, mais preparado estará no dia da prova.

Invista em artigos de papelaria

A princípio, isso pode parecer supérfluo, mas post-its, clips, marcadores, canetas coloridas e lápis de cor podem ser grandes aliados.

Além de ajudarem a customizar o material de estudo de acordo com suas necessidades, esses itens podem ser grandes aliados para uma memorização mais eficaz.

Você pode, por exemplo, utilizar canetas coloridas e marcadores de texto para elaborar mapas mentais — uma metodologia muito útil na memorização do conteúdo.

Lembre-se: lazer é fundamental!

Quanto mais horas diárias dedicadas ao estudo maiores as chances de aprovação, certo? Bom, nem sempre isso é verdade.

O estudo exaustivo, não equilibrado com as horas de lazer, pode comprometer o tão esperado resultado positivo. Esse equilíbrio é necessário para reduzir a ansiedade e deixar sua mente preparada para assimilar o conteúdo.

Além disso, uma carga de estudos excessiva pode fazer com que você se canse antes da hora e não consiga manter o ritmo até o final do planejamento.

Revise o conteúdo

De tempos em tempos, recapitular o que já foi estudado é fundamental. É a revisão que vai garantir uma maior fixação do conteúdo, gerando mais segurança na hora da prova.

Por isso, não se esqueça de contabilizar em seu plano de estudos algumas horas de revisão — inclusive nos dias que antecedem a prova.

Que tal começar a estudar colocando todas essas dicas em prática? Aproveite e baixe nosso e-book para aprender a criar seu próprio cronograma de estudos para a OAB!

5 comentários em “Qual o melhor método para começar a estudar para a OAB?”

  1. Estou no sétimo semestre, acha que já vale a pena começar a estudar para OAB? Porque queria já começar a fazer o curso preparatório online.

    1. Olá, Ana Carolina! Tudo bem?
      O meu conselho para quem está no sétimo período é que esteja focado no curso. Assim, você absorverá bem os conteúdos e será mais fácil se preparar quando chegar o momento 😉
      O Saraiva Aprova fica disponível por 6 meses! E sabemos que esse tempo é suficiente para estudar para OAB. Por isso, você pode começar a se preparar quando faltar aproximadamente 6 meses para a data da 1ªfase do Exame que for realizar.

      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *