O que esperar da 2ª fase em Direito do Trabalho?

Olá amigo!

Meu nome é Bruno Klippel e sou Professor do curso de Prática Trabalhista do Saraiva Aprova. Quero através do presente artig, ajudá-lo a enfrentar a prova da 2ª fase da OAB. Vamos responder em breves linhas a seguinte pergunta: o que esperar da prova?

No dia da sua vitória – vamos chamar assim o temido (para alguns) dia da prova – você encontrará uma peça processual e quatro questões discursivas. A peça processual consistirá em uma situação concreta que você utilizará para a redação de uma petição, com valor de até 5 pontos.

Pelo histórico das provas aplicadas pela FGV, são basicamente três peças que acabam sendo cobradas, a saber: petição inicial de uma reclamação trabalhista, contestação e recurso ordinário. Em duas oportunidades foram cobradas peças não usuais, como petição inicial de ação de consignação em pagamento e embargos à execução.

Na última prova, a FGV cobrou uma contestação com alegação de preliminar de mérito, o que não é uma surpresa dentro do histórico de peças cobradas. Aqui deixo uma sugestão: veja as últimas provas aplicadas para conhecer um pouco o nível de dificuldade, a forma de redação das peças, etc.

O conhecimento da CLT e do entendimento do TST é fundamental para a redação das peças processuais, razão pela qual é importante ter um Vade Mecum atualizado de acordo com o edital da prova, de maneira que todos os possíveis dispositivos de lei estejam ao seu alcance no dia.

Em relação às questões discursivas, que são 4 e possuem valor total de 5 pontos, em regra levam em consideração o conhecimento de direito do trabalho e processo do trabalho, havendo duas alíneas em cada uma delas. As alíneas “a” e “b” das questões ora tratam do mesmo tema, ora tratam de questões diferentes, mas relacionadas ao pequeno texto que introduz as mesmas.

O nível de dificuldade das questões discursivas tem sido médio pra baixo nas últimas provas, tendo auxiliado bastante na aprovação dos candidatos. Por isso, treine bastante a redação de tais questões.

Todos os pontos necessários para a redação da peça processual e das questões discursivas você encontra em nosso curso de Prática Trabalhista do Saraiva Aprova.

Precisando de alguma informação, é só entrar em contato.

Abraços

Prof. Bruno Klippel
Instagram: @profbrunoklippel


Este artigo foi redigido por Bruno Klippel, Professor de Processo do Trabalho do Saraiva Aprova, Autor Saraiva Jur, Doutor e Mestre em Direito. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *