O incrível método de resolver questões de provas

resolução-questão-oab

Não há dúvida alguma: de dez professores consultados, certamente, onze indicarão a resolução de questões de provas anteriores como um excelente método de estudos para provas, principalmente para o Exame da OAB.

Ou seja, nem quem é professor fará o favor de indicar para você enfrentar muitos testes como treinamento em qualquer preparação digna que se deseja a aprovação.

Pois bem, se precisávamos que a ciência comprovasse este “sentimento” de que o aluno ou estudante deve resolver questões de provas anteriores, agora não temos mais: revista científica Psychological Science in the Public Interest publicou em 2013 o resultado de uma pesquisa sobre as 10 técnicas mais populares de estudo, dentre elas, a realização de testes práticos. De acordo com o site Mude.nu, a primeira referência em língua portuguesa sobre a pesquisa, entre as dez técnicas, apenas duas foram comprovadas como de “utilidade alta” para os estudos, e uma delas, resolver questões de provas anteriores.

Segundo o site, “realizar testes práticos sobre o que você está estudando é uma das duas melhores maneiras de aprendizagem. A pesquisa científica mostrou que realizar testes práticos é até duas vezes mais eficiente do que outras técnicas”.

Apresento para vocês os três benefícios mais importantes que enxergo nesta técnica:

  • Autoavaliação constante;
  • Análise dos conteúdos e indicação dos mais exigidos;
  • Alternância de técnica, quando há esgotamento em outras.

Na autoavaliação não apenas há “julgamento” do que foi estudado até o momento dos testes, como também força uma pausa para reflexão sobre o que providenciar a partir dos resultados. Assim, caso o diagnóstico das disciplinas de penal e trabalho seja péssimo, os esforços serão direcionados a resolver estas pendências disciplinares ou temáticas. Veja que pode servir também como elemento motivacional, pois muitos acertos geram grande confiança de que a preparação está sendo aproveitada.

Quanto à análise de conteúdo, serve como orientação do que estudar. Se as provas repetem os temas em determinadas disciplinas, significa que apostar neles para os próximos desafios é a melhor solução. Ninguém deseja estudar todo um código legislativo, assim, se a tendência indica que assuntos X, Y e Z sempre repetem, outros que nunca são cobrados ficarão de fora do planejamento.

Lembro que no Exame da OAB não há conteúdo programático e mesmo que tivesse, provavelmente, seria muito extenso. Assim, ao resolver questões de provas anteriores, meus estudos terão um GPS bastante afinado com as orientações da banca.

Por fim, quando você já estiver muito cansado de ler doutrina ou a legislação ou mesmo de assistir a videoaulas, o momento é propício para resolver questões. É uma ótima opção para diversificar os estudos, principalmente, nos momentos de cansaço ou esgotamento. “- Mas professor, resolver questões justo quando estou cansado?”. Pergunto: então, e no dia da prova, você vai resolvê-las sentado numa espreguiçadeira à frente do mar, com alguém abanando uma folha de bananeira? É óbvio que não! O Exame é muito cansativo, com questões longas, exigindo grandes doses de paciência e cautela para não explodir. Aproveite para testar esta situação de forma antecipada para se acostumar.

Entenda, ainda, que resolver questões de matéria que acabou de ser estudada entrega um “resultado relativo”. Se acertar todas, é sinal que você aprendeu de forma correta, no entanto, o assunto ainda está “fresco” na sua memória.

Portanto, você deverá refazer os testes em outro momento para comprovar que a matéria, realmente, foi compreendida e ficou fixada. Outra dica importante é mesclar as disciplinas na hora de se autotestar. Lembre, novamente, que o Exame da OAB tem 17 disciplinas para serem enfrentadas, sendo assim, uma mistura e combinação de diversos institutos distintos serão testados ao mesmo tempo.

Em razão disso, os simulados fazem grande sucesso junto aos examinandos por oferecer a oportunidade de resolver todas as disciplinas num único momento. Recomendamos a plataforma online de simulados do Saraiva Aprova, a mais completa do gênero. O melhor é que a inscrição é totalmente gratuita, acesse aqui e bons estudos!

Ps. A última dica. Não adianta resolver questões, errar e deixar para lá as razões do erro. É necessário saber o motivo para não errar a próxima questão que trata sobre o mesmo tema. Ignorar os erros é jogar toda a técnica no lixo. 


Este conteúdo é uma colaboração do professor Marcelo Hugo da Rocha, coach do curso Saraiva Aprova.

1 comentário em “O incrível método de resolver questões de provas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *