Fazer a prova da OAB antes de se formar?

quando-fazer-a-prova-da-oab

Caro graduando, considere como uma oportunidade de ouro a possibilidade de fazer a prova da OAB antes de se formar e o motivo mais evidente é anular a pressão da aprovação, visto que depois do TCC, das provas finais e da festa da formatura não sobrarão muitas “desculpas” caso você não consiga ser aprovado.

Todos os holofotes estarão apontados para você! Eu mesmo fiz a prova antes da formatura e tenho certeza que se tivesse deixado para depois, como alguns colegas meus fizeram, o resultado poderia ter sido negativo. Como obstáculo psicológico é terrível até para aquele que está bem preparado.

O Exame de Ordem é encarado como uma etapa quase “natural” para aquele que se gradua, recaem, então, todos os olhares para o bacharel em Direito. Diante disso, há muita gente do último ano arriscando-se com grande êxito, mesmo num período em que todos estão preocupados com o trabalho de conclusão e em passar nas cadeiras finais (outros, na festa de formatura).  As próprias faculdades estão incentivando a realização da prova anterior e já oferecem a seus alunos o contato antecipado a questões objetivas de OAB e concursos nas suas avaliações. Os professores são aconselhados a dar atenção a elas para acostumar seus alunos com o que esperam ao final do curso. Mesmo que você conheça muito bem seu histórico acadêmico, e ele não inspira no momento muita confiança para ser aprovado, seja curioso, ao menos!

Lembre-se, é claro, que para aproveitar o resultado da aprovação e expedir o certificado de aprovação é necessário que você esteja de acordo com as condições do edital. Mesmo que considere suas chances quase inexistentes, porque não ao menos conhecer o clima da prova? Esta experiência é bastante rica e útil, porque o Exame da OAB tem peculiaridades próprias. Assim, ao se submeter à tensão da prova, conhecer um pouco da rotina de estudos preparatórios, do histórico de questões anteriores, de provar estratégias compartilhadas, além de testar seus conhecimentos em cinco longas horas exaustivas, tudo o que vier é lucro!

Complementa-se à prática, o esperar (e torcer) pela publicação do gabarito oficial, das discussões sobre as questões anuladas (ou não) e de se envolver com outras situações pertinentes, suavizará a próxima tentativa se ela for necessária.

Se você acreditou que chegaria ao final do curso de Direito, mesmo contra todos os prognósticos e dificuldades da sua vida, porque deixaria de ter fé, justo na parte mais acessível desta caminhada? Veja que a média de aprovação da 1ª fase da OAB é 5 (cinco) e na 2ª fase, 6 (seis). Tenho certeza que a sua faculdade oferece parâmetros maiores para ser aprovado. O próprio TCC e a apresentação diante de uma banca geram grande expectativa e ansiedade. No entanto, ao final, praticamente, todos são aprovados. É verdade que nem todos levam 10 ou distinções como “para publicação”, mas o resultado é o suficiente para o momento que todas as atenções estarão direcionadas a você: o dia da formatura!

Em razão de tantas tarefas acumuladas para o mesmo período, fazer a prova da OAB tira dos ombros aquela exclusividade de resultado, já que há tantas coisas importantes sendo realizadas simultaneamente. A sensação de realizar a prova no último ano da faculdade é do tipo “se der, deu”. Ou seja, aquela ansiedade que atrapalha a concentração nos estudos é rasa neste momento, sem muitos efeitos colaterais. Nem mesmo as pressões externas se concretizam, porque todo mundo “deve entender” que você tem metas mais relevantes para serem alcançadas.

Por fim, importa destacar que em um ano é possível estudar com mais antecedência, porque o tempo está a seu favor. Pensando nisso também, a plataforma Saraiva Aprova tem em seus todos planos o período de seis meses de preparação e acesso às videoaulas, algo inédito no mercado. Assim, um tempo bastante razoável para aprofundar seus conhecimentos e quem sabe ajudar também na reta final da faculdade. Quer saber mais? Clique aqui e bons estudos!


Este conteúdo foi escrito pelo professor Marcelo Hugo da Rocha, coach do Saraiva Aprova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *