Como estudar para OAB em 30 dias: veja o que fazer para ir bem no exame

Como estudar para oab em 30 dias: mulher com calendário no colo escrevendo com um lápis

O embarque, para muitos, aconteceu há outros trinta dias e, quanto mais próximo o destino, maior a velocidade – e maiores as emoções. Muitos candidatos chegam à “estação” dos 30 dias finais (sim, pois toda preparação é uma viagem com diversas estações, sendo o destino último a aprovação) em tamanha velocidade que podem acabar por ultrapassá-la sem a necessária parada para refletir acerca da qualidade da jornada (de estudos).

Tal comparação é necessária porque “estudar” requer muito mais que tão somente montar um bom cronograma de estudos; ler e assistir às aulas; comprometimento, concentração, rotina, resolução de questões e muitos outros fatores incidirão no seu desempenho. Assim, sempre é preciso uma estação na qual parar e analisar a viagem até aquele momento. Essa avaliação consiste, literalmente, em perceber o que está (ou não) funcionando para você, o que você tem feito de certo e de errado. O último mês antes do Exame é uma oportunidade excelente para isso.

Neste artigo, ajudaremos o candidato a avaliar o caminho já percorrido por meio de três perguntas:

⦁ Você já resolveu questões de provas anteriores?
⦁ Em caso positivo, resolveu questões de todas as disciplinas?
⦁ Em caso positivo, você sabe identificar em quais delas está bem-encaminhado e quais necessitam de maior atenção?

Caso não tenha resolvido questão alguma, pare tudo o que está fazendo e realize um SIMULADO.

Mas, antes, certifique-se de possuir, no mínimo, 3 horas para resolvê-lo de forma completa, ou seja, todas as 80 questões. O “poder” de um simulado não pode ser ignorado. Ele simplesmente “dá a real” sobre os seus estudos. Se você não acertar ao menos 50% das questões, o diagnóstico recomenda cuidados.

Voltando, portanto, à nossa metáfora da plataforma de trem, vamos guiá-lo, estação por estação, ao longo dos 30 dias finais, buscando resolver, da melhor forma possível, as fraquezas remanescentes.

Como estudar para OAB em 30 dias?

Está mais do que na hora de tratar o paciente doente de falta de acertos. Como curar tamanha enfermidade? Combatendo os pontos vulneráveis, ou seja, fortalecendo o desempenho nas disciplinas em que o candidato estiver mais fraco, especialmente naquelas que, em razão do elevado número de questões, têm grande influência na aprovação.

Assim sendo, havendo deficiência em disciplinas cuja incidência no Exame seja superior a 5 questões, o melhor caminho é empregar ao máximo o tempo restante em fortalecer seu conhecimento dessas matérias.

O candidato que resolveu questões de todas as disciplinas provavelmente possui a consciência do que exatamente falta para atingir suas metas. Pois bem, são essas lacunas que demandam sua maior atenção.

Muita gente gosta de estudar mantendo-se dentro da zona de conforto. Esqueça isso. Suas afinidades serão aproveitadas quando estudar a disciplina da 2ª fase escolhida por você. Por ora, não há como fugir, precisamos enfrentar todas as 17 disciplinas, sem exceção.

Há “tratamentos alternativos”, como escolher um número menor de disciplinas para estudar, dedicando-se somente àquelas de maior incidência. No entanto, tal método só é eficiente para quem realmente precisa – geralmente aqueles que não têm tempo algum (observadas, ainda, diversas peculiaridades pessoais).

Dessa forma, o ideal é estudar sem “jeitinhos” ou “atalhos”, cumprindo o cronograma completo da prova. Restando somente um mês de preparo, no entanto, independentemente de qual tenha sido a sua estratégia de estudo até aqui, o momento é de paliativos. Sejam suas dificuldades grandes ou pequenas, faça o possível para conhecê-las e diminuí-las; se em maior ou menor escala, não importa, contanto que as reduza ao mínimo que o tempo permitir.

Vale a pena começar um cursinho um mês antes da prova?

Aos candidatos que perguntam se devem apostar em um preparatório mesmo faltando apenas um mês para a prova, respondo: se você está totalmente sem orientação, vale o investimento.

Sugestão? Saraiva Aprova! Abrir o Vade Mecum é muito importante, estudar pelos livros teóricos e aprender com os professores, idem; mas, sem planejar as “estações” (lembra?), será inútil todo o trajeto percorrido, e provavelmente você não encontrará a aprovação aguardando-o na chegada.

O caminho restante servirá para ajustar seu comprometimento e afinar o seu foco. Portanto, embora seja aconselhável aos candidatos que se encontrem muito perdidos começar um preparatório mesmo no último mês, esse período deverá ser pautado, principalmente, na resolução de questões.

O estudo “prático” será de grande auxílio para fixar a matéria, além de servir como recompensa aos seus esforços: mais acertos, maior satisfação; mais erros, maior atenção. Também é um período de maior dedicação.

Reflita sobre estudar mais, tanto em qualidade como em quantidade. Havendo fuga de concentração, procure a raiz do problema. Depois, às vésperas da prova, não adiantará apenas lamentar o que você poderia ter feito e não fez.

O que fazer uma semana antes do exame?

A próxima “estação” é faltando uma semana (ou 10 dias). A essa altura, torcemos para que você já esteja confiante de que encontrará aquela em quem esteve ansioso (a) para dar um grande e demorado abraço… a senhora APROVAÇÃO!

Ainda assim, esses últimos dias não são para descanso, ao contrário, devem ser aproveitados ao máximo: locomotiva, digo, estudos, a todo vapor em direção à aprovação! Intensifique seus estudos e aguce sua concentração.

Participe da nossa Maratona OAB e tenha acesso a trinta e seis horas de revisões ao vivo com nossos professores, para mais informações é só seguir nossas redes sociais, Instagram e Facebook. Mas, lembre-se de cuidar do seu emocional nesses últimos dias.

Intensifique seus estudos, sim, mas não se esqueça de que uma boa alimentação, noites bem dormidas e tranquilidade serão suas grandes amigas no dia da prova.

Por último, foque em Ética na reta final.

Sugerimos que dê ênfase aos estudos de ÉTICA na última semana. Disciplina de maior incidência na prova e pouca matéria a ser estudada, deve estar bem fresca na sua mente para que você não perca a chance de gabaritá-la.

ECA E CDC também são para a última semana! Outras duas disciplinas que possuem “menos” conteúdo, porém não dá para perder a chance de garantir mais algumas questões, certo?

Esperamos que você tenha entendido como estudar para OAB em 30 dias. Quer saber mais sobre estudo e cronograma de estudos? É só clicar aqui!

3 comentários em “Como estudar para OAB em 30 dias: veja o que fazer para ir bem no exame”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *