Como estudar para a OAB: descubra como montar seu cronograma de estudos para a 1ª fase

Se você está começando a sua caminhada rumo à aprovação na OAB ou está na estrada há um tempo, já deve ter reparado que conseguir organizar os seus estudos é uma verdadeira luta. Mas quando vencida, ela faz total diferença nos seus resultados.

Planejamento e disciplina são as palavras-chave quando o assunto é estudo, principalmente se você deseja alcançar a tão sonhada aprovação no Exame da OAB. Isso porque, como muita gente já sabe, a taxa de aprovação na prova não foi muito generosa nos últimos anos (cerca de 20% das pessoas que prestam o exame foram aprovados).

Diante de um desafio tão grande, muitos estudantes se sentem confusos e desnorteados ao se depararem com a necessidade de uma preparação de alto rendimento para conquistar a carteira da OAB.

As perguntas mais frequentes são: como passar na OAB? Como montar um roteiro de estudos? Quantas matérias devo estudar por dia? Com quanto tempo de antecedência devo começar meus estudos? Devo focar em algumas disciplinas ou passar por tudo? Faço mais questões ou me concentro no conteúdo?

Se essas são as suas preocupações, não se desespere. Vamos te ajudar a se organizar e criar um cronograma de estudos para a 1ª fase da OAB produtivo e de acordo com as suas necessidades.

Todas as dicas abaixo foram tiradas do livro “O Poder da Aprovação”, do professor e Coach Marcelo Hugo, que atua com o mundo da OAB há mais de 10 anos e é autor e coautor de diversas obras jurídicas publicadas pela editora Saraiva Jur. Seguindo essas dicas valiosas, práticas e testadas em diversos exames, temos a certeza que a aprovação virá!

Acompanhe!

Por que montar um cronograma personalizado de estudos?

 

A primeira coisa que você precisa saber ao montar seu cronograma de estudos para a OAB  é que ele nunca, jamais, em hipótese alguma deve ser copiado de algum lugar ou baixado pronto. Ou seja, se te oferecerem um cronograma prontinho, foge: é cilada, Bino.

Isso porque cada pessoa possui suas próprias dificuldades e precisa focar em matérias diferentes. Por exemplo, você pode ser excelente em direito penal e um terror em constitucional. Ou seja, nos seus estudos, você precisa focar mais em constitucional do que penal.

Ao baixar um cronograma 100% pronto, você pode acabar não atacando aquilo o que você precisa e gastando seu precioso tempo de estudos com matérias que você não deveria se preocupar tanto.

Além disso, só você sabe quanto tempo pode se dedicar por dia e com qual antecedência precisa começar seus estudos.

Não ficou convencido? Para saber mais sobre a importância de um estudo para a OAB personalizado, clique aqui!

Antes de tudo: crie um plano de estudos possível


A primeira coisa que você deve saber ao criar seu plano de estudos OAB é que ele deve ser possível e de acordo com a sua realidade. De nada adianta gastar tempo criando algo lindo no papel, mas não conseguir cumprir nem metade daquilo o que foi proposto.

Seu cronograma de estudos deve ser possível e você deve realizá-lo à risca. E não se iluda: só o cronograma não é suficiente para a aprovação.

Quem possui uma rotina agitada pode encarar a ideia de estudar para o exame como uma obrigação cansativa. Por isso, a tendência é adiar essa tarefa durante o maior tempo possível até acabar se sobrecarregando ao deixar tudo para a última hora.

Nessas horas, é importante ser persistente. Algumas técnicas de superação da procrastinação podem te ajudar a fixar uma rotina de estudos com disciplina, como criar recompensas a cada hora estudada e bloquear temporariamente as distrações que comprometam a sua produtividade (internet e celular, por exemplo).

Com quanto tempo de antecedência começo a estudar para a OAB?

Como falamos no tópico acima, cada pessoa possui suas particularidades quando o assunto é o estudo para a OAB. Se você sente que fez uma boa faculdade e que realmente aprendeu a base das disciplinas cobradas no Exame, provavelmente você precisará de menos tempo de dedicação e poderá começar seus estudos mais perto da prova.

Se você está há muito tempo longe da faculdade ou sente que possui defasagens de aprendizado em algumas disciplinas, o indicado é começar a estudar com mais antecedência.

Aí você pensa: “ok, mas continuo sem saber o tempo ideal”. Se formos falar em números, indicamos que uma pessoa que tem mais dificuldade deve começar a preparação faltando entre 6 meses a 1 ano para a data da prova. Quem possui mais segurança, pode começar a se dedicar cerca de 4 meses antes do exame.

Outro fator importante para definir a antecedência com a qual você irá estudar para a OAB é o tempo de estudos diário que você pode dedicar exclusivamente para o Exame. Se você só tem 1h por dia, por exemplo, conseguirá ver poucos conteúdos por vez. Ou seja, precisará começar seus estudos com mais antecedência para conseguir ver todas as matérias (isso mesmo, todas as 17 disciplinas cobradas no Exame da OAB. Falaremos sobre isso abaixo).

Portanto, chega de desânimo! Vamos parar de enrolar e começar a estudar.

Por onde começo meus estudos?


Se você vai fazer uma viagem e quer traçar uma rota no Google Maps para saber o caminho que deve percorrer e quanto tempo você irá demorar para chegar ao destino, deverá saber primeiro onde você está, certo? Sem saber exatamente em que ponto do caminho estamos, é bem difícil traçar um percurso.

É assim também na sua jornada da OAB. Para traçar um bom cronograma de estudos você precisa, antes de tudo, saber como você está. Ou seja, conhecer quais são as disciplinas que você tem mais facilidade e quais você tem mais dificuldade. E aqui já vai uma dica: nada de achismo!

Se você veio de uma reprovação, pegue sua última prova e analise: quais disciplinas tive mais de 50% de aproveitamento? Em quais tive menos?

Pra quem fará o Exame pela 1ª vez ou não fez a última prova, contar com um simulado é o ideal! Ele é o primeiro passo para qualquer pessoa que vai começar a estudar para a OAB.

Fazendo o seu simulado OAB você vai saber exatamente o número de disciplinas que precisará focar mais, conhecer quais são suas dificuldades e já ter uma previsão de como seria sua nota na OAB se você prestasse a prova hoje.

Considere como as disciplinas fortes aquelas em que você teve mais de 50% de aproveitamento. As fracas são aquelas com menos de 50% de aproveitamento 😉

Temos um artigo que te explica tudo sobre os simulados OAB e te ensina a aproveitar tudo o que esse recurso tem a oferecer. Nele você também consegue ver quando acontecem os nossos simulados gratuitos e te direciona para a nossa plataforma. Para acessá-lo, clique na imagem abaixo!

Outro ponto importante: não fique angustiado se você for mal nesse primeiro simulado. Lembre-se que você está fazendo esse diagnóstico antes de começar a estudar, então é mais que normal que o número de disciplinas com desempenho ruim seja grande. Não desanime!

Acesse nosso simulado gratuito e fique por dentro do seu desempenho!

Devo estudar todas as disciplinas na 1ª fase do Exame?

Essa é uma das perguntas que mais escutamos todos os dias! Mas a resposta dela é, na verdade, bem simples. Sim, você deve estudar todas as 17 disciplinas cobradas na 1ª fase da OAB. Antes de te explicar um pouquinho o porquê, é importante conhecer um pouco quais são essas disciplinas e conferir o mapa da prova.

Outra dica importante aqui: esqueça todos os preconceitos que você possui com determinadas disciplinas. Muitas vezes você tem um grande preconceito com Civil porque não gostava dessa aula na faculdade, mas pode se surpreender estudando esse conteúdo novamente apostando em outros formatos ou fontes.

Mapa da prova da OAB


Nos editais não é informado o número exato de questões de cada disciplina, ou seja, a indicação abaixo não é uma regra, apenas um espelho do que foi cobrado nos últimos exames.

Atualmente o mapa da primeira fase da OAB segue a imagem abaixo:

Como você pode ver, são muitas as disciplinas e algumas possuem um peso grande (é o caso de Ética, Processo Civil, Processo do Trabalho, Direito Constitucional etc) e algumas possuem poucas questões (ECA, CDC, Direitos Humanos, Filosofia etc). Ainda assim, você deve estudá-las por dois motivos simples:

  • Sua aprovação pode depender de uma questão: algumas das disciplinas cobradas na prova possuem poucas questões, mas em compensação possuem poucos conteúdos a serem estudados e são relativamente simples, como é o caso de ECA e Direito do Consumidor. Saber na ponta da língua essas disciplinas pode ser o pulo do gato entre a aprovação e a reprovação.
  • A interdisciplinaridade na OAB é certa: desde o Exame XXIII da OAB as questões interdisciplinares começaram a aparecer com força na prova, por isso é importante estar preparado!Se você quer saber mais sobre a interdisciplinaridade na OAB, leia um artigo que temos produzido pelo professor Marcelo Hugo. Você vai compreender a importância de fazer as conexões entre os conteúdos do Direito e aprender a aplicar essa estratégia nos seus estudos.

Quantas disciplinas estudo por dia?


Neste ponto, já começamos a entrar mais profundamente na montagem do seu cronograma de estudos. Você já sabe que deve estudar todas as disciplinas e que a primeira coisa é saber em quais delas você é melhor e em quais é pior. E agora, qual o próximo passo?

A segunda é começar a definir a sua grade de estudos diária.

Muitas pessoas dizem por aí (erroneamente) que você deve se dedicar a uma disciplina por dia e estudar tudo o que puder sobre ela. Mas hoje viemos te dizer que esse pensamento está inadequado por motivos bem simples.

Na OAB são cobradas 17 disciplinas. Se você fosse estudar uma matéria por dia, demoraria 17 dias para ter contato com aquele conteúdo novamente, ou seja, mais de duas semanas!  O grande segredo é estudar duas disciplinas por dia.

Assim, você estudará 14 disciplinas por semana e terá contato com as matérias com muito mais frequência.                                                                                                                                                                                                  

E aí você se pergunta: mas são 17 disciplinas na prova. E as outras 3? Calma, no próximo tópico explicaremos tudo! Mas para acabar com a sua ansiedade, já adianto: deixa Ética, CDC e ECA para a semana especial (última semana antes do exame)

Além disso, no dia da prova você será submetido a todas as disciplinas misturadas ao mesmo tempo, então estudar mais de uma por dia já é um bom começo para treinar seu cérebro a fazer essa troca de chaves.

Se você quer se aprofundar nesse tema e compreender melhor porque duas disciplinas por dia é o ideal para quem está estudando para a OAB, aconselho a leitura de mais um dos nossos artigos, que você confere clicando aqui!

30 dias antes da prova da OAB, foque também na resolução das provas dos Exames anteriores!

Como organizar as disciplinas dentro do cronograma de estudos?


Como falamos acima, você estudará duas disciplinas por dia. Mas como organizar essas matérias dentro de um cronograma de estudos para a OAB? Quais matérias devo me dedicar primeiro?

O grande segredo é colocar no mesmo dia uma disciplina em que você seja forte e uma que você tem dificuldade (de acordo com o simulado). Assim você não força a sua cabeça com duas matérias difíceis e também não deixa de estudar nadinha.

Você deve aumentar ou diminuir o tempo de estudo em razão de sua fraqueza ou ponto forte. Disciplinas mais fortes, dedico menos tempo. Disciplina mais fraca, dedico mais tempo (não se preocupe, já vamos explicar o tempo ideal de estudos por dia).

Aqui você vê de forma bem clara, mais uma vez, a importância do cronograma de estudos personalizado e de acordo com as suas dificuldades e facilidades.

Montando o roteiro de estudos


Pegue uma folha de papel ou uma planilha e divida em 7 colunas representando os dias da semana. Em cada dia, coloque duas disciplinas: uma fraca e uma forte. Se puder, coloque disciplinas que possuem alguma relação nos mesmos dias.

Por exemplo, se você é bom em penal e nem tão bom em processo penal, tente organizar seu roteiro de modo que essas duas disciplinas sejam estudadas no mesmo momento, como no exemplo abaixo:

Outra dica muito importante é deixar ética (a rainha das disciplinas), CDC e ECA para depois! Para saber o porquê, clique aqui!

Se você quiser baixar uma planilha de estudos para a OAB já organizada, basta clicar na imagem abaixo!

Baixe gratuitamente a nossa planilha com o modelo de Cronograma de Estudos!

Existe o equilíbrio perfeito entre resolução de questões e estudo das disciplinas?

Se você já percebeu, mais uma vez vamos te falar que depende de cada pessoa. E é isso mesmo!

No seu cronograma, reserve um momento para assistir às aulas, fazer resumos e mapas mentais e também um momento para resolver questões. No começo do cronograma, normalmente você se dedicará mais ao conteúdo.

Ao aproximar da prova, vá aumentando a percentagem de resolução de questões.

Aproveitamos para dizer também que grande parte dos candidatos são reprovados porque acreditam que todo o conteúdo cobrado na prova está apenas nos livros, apostilas, internet ou outras fontes formais.

Isso torna o processo de aprendizado lento e maçante, pois é muito cansativo tentar compreender e reter tanto conteúdo de uma vez ao estudar de forma passiva.

Entenda que o aprendizado vem de experiências variadas, como explicar para alguém o que aprendeu, escrever resumos, assistir vídeos e até mesmo ler, mas lembre-se de que ninguém consegue ler mil páginas de uma vez sem se cansar e prejudicar a qualidade de seu aprendizado.

Quantas horas preciso estudar por dia para me preparar para a OAB

Mais uma vez, essa é uma pergunta que varia de acordo com cada realidade. Não adianta dizer que você deve estudar 5, 8, 10 horas por dia se você trabalha, vai à faculdade, faz estágio, cuida da família.

Cada pessoa possui uma disponibilidade diferente, então aqui a primeira dica é: quantidade e qualidade nem sempre se cruzam. De nada adianta estudar 5 horas se você nesse tempo ficou mexendo no celular, se cansou e começou a ler diversas vezes o mesmo parágrafo sem perceber ou até não lembra de mais nada trinta minutos após fechar os livros.

Muitas vezes, quanto menos tempo temos para estudar mais aquele pouco tempo rende. O que vai ditar os resultados dos seus estudos é a sua concentração durante esse momento.

Se você sofre de falta de concentração, aconselhamos a leitura de um dos conteúdos do nosso coach e professor Marcelo Hugo.

Mas se você perguntar: digamos que eu tenha todo tempo do mundo, qual é o tempo ideal de estudos por dia? Indicamos de 3h a 4h de estudo diário. Se você parar para pensar, essa é a quantidade que estamos acostumados a estudar desde criança.

Mas não se preocupe se você não tem esse tempo de dedicação. Como falamos, qualidade é mais importante do que quantidade. Estude no tempo que você tem.

Preciso estudar de forma ininterrupta?

É importante dizer também que as horas não precisam ser ininterruptas. Você pode estudar um pouco no ônibus, no intervalo do almoço, ao chegar em casa… o importante é estudar!

E pode parecer contraditório, mas os intervalos de estudo estratégicos e breves momentos de descontração fazem a sua hora de estudos render mais. A explicação para isso está na neurociência.

Quando a sua mente descansa, o cérebro continua funcionando em segundo plano sem que você perceba, construindo novas conexões neurais que podem te ajudar a resolver problemas e absorver melhor o conteúdo aprendido.

Técnica Pomodoro para a OAB: funciona?

De acordo com essa técnica criada pelo italiano Francesco Cirillo, os estudos rendem mais quando dividimos nosso tempo em blocos de 25 minutos e fazemos uma pequena pausa após esse período.

Assim, de acordo com a técnica, o estudo rende mais e o cérebro aprende a ficar mais focado com esses pequenos exercícios. Para saber mais sobre a técnica pomodoro, clique aqui!

Não consigo me concentrar, e agora?

Não se preocupe, a falta de concentração é um problema mundial e afeta praticamente todo mundo. Mas além de adotar algumas técnicas de estudo, é importante ter boas práticas que te ajudam nessa jornada rumo à aprovação.

Aqui estão algumas dicas:

  • Cuide do seu ambiente de estudos: Em um primeiro momento pode parecer bobeira, mas o ambiente de estudos faz total diferença na sua concentração. Um local bem iluminado, livre de distrações e confortável é um ponto-chave para que as 3 horas de estudos não pareçam algo impossível. Temos um conteúdo com dicas práticas para te ajudar a construir um ambiente de estudos ideal, clique aqui e confira!
  • Que tal ouvir uma música: Alguns estudos realizados pela Universidade de Caen, na França, apontam que a música pode sim ajudar a concentrar nos estudos. Mas todos os estilos e ritmos são válidos? Mais uma vez, só quem vai saber é você mesmo. Mas prefira canções em outros idiomas ou que sejam 100% instrumentais.
  • Desligue-se do mundo: Hora de estudar é hora de estudar. Por isso, feche todas as abas do seu navegador que não se relacionam com o conteúdo que você está estudando no momento e desligue o seu celular! Nada de verificar o whatsapp ou rolar o feed da rede social durante os estudos. Avise também a sua família ou amigos para que não te interrompam durante os estudos.

Faltam 30 dias antes da primeira fase, preciso mexer no meu cronograma?

A resposta correta é: SIM! Ao aproximar da prova, você precisa fazer mais um simulado para avaliar como foi a sua preparação até agora e reequilibrar o seu cronograma! Faltando um mês, é hora de foco total!

Faça o mesmo exercício que você realizou ao começar a montar seu cronograma. Após a realização do simulado separe as disciplinas que você teve um desempenho menor que 50% e reorganize as disciplinas a serem estudadas.

Você vai perceber que muitas das disciplinas que antes eram uma pedra no seu sapato agora já estão se tornando mais fortes.

Se puder, intensifique as horas de estudos e comece a preparar seu psicológico, afinal, a prova da OAB é também uma prova de controle de ansiedade e de resistência.

Aqui também é o momento de resolver cada vez mais questões e, principalmente, de intercalar questões de várias disciplinas. Afinal, na hora da prova, você não responderá apenas questões de 1 matéria, mas de 17! Então está na hora de começar a treinar essa habilidade.

Temos um conteúdo incrível com 5 dicas práticas para resolver questões da OAB. Clique aqui para acessá-lo.

O que fazer a 7 dias da OAB

Faltam 7 dias para a prova da OAB, é o momento de se desesperar? Não! É hora de continuar a sua concentração nos estudos. Nesse momento, algumas coisas são bem importantes. Abaixo listamos os principais ajustes e pontos de atenção que você deve ter nessa semana:

Participe da Maratona de revisão OAB

Os eventos de revisão para a prova da OAB são uma excelente opção de estudo na semana anterior à prova. Deixe um espaço reservado no seu cronograma de estudos para participar da nossa Maratona OAB.

Ela acontece sempre uma semana antes dos exame e conta com 12 horas de revisão ao vivo com nosso time de professores. É uma excelente oportunidade para verificar se algum ponto importante ficou de fora nos seus estudos, dar uma refrescada na memória e já ir entrando no clima da prova.

Aconselhamos sempre que você assista à nossa Maratona OAB ao vivo, no próprio sábado. Isso porque ao assistir você com certeza vai notar alguns pontos que ainda te geram dúvidas. A partir desses pontos, você terá uma semana para revisar o que percebeu que precisa de uma atenção especial.

Atenção: jamais faça uma Maratona de revisão um dia antes da prova. Você ficará muito cansado no dia seguinte e pode acabar se desestabilizando emocionalmente ao perceber um ponto de dúvida tão próximo à prova.

Foque em Ética, a rainha da OAB

Ética é a disciplina com o maior número de questões na prova e possui um volume relativamente baixo de matéria a ser estudada. Dessa forma, é essencial gabaritar essa disciplina para garantir a sua aprovação.

Construímos um guia prático, com o passo a passo de tudo o que você precisa saber ao estudar ética para a OAB. Para conferir, clique aqui!

Temos também 9 videoaulas gratuitas de revisão para você se aprofundar e compreender os temas mais importantes, basta clicar no banner abaixo:

Acesse 9 aulas gratuitas de Ética e se prepare para a OAB 🙂 

Não deixe de lado ECA e CDC

Sim, elas são disciplinas com poucas questões no Exame da Ordem, mas são o caminho certo para garantir mais 4 pontos na prova. Então, na última semana antes do Exame, dê uma lida nos estatutos e códigos e faça várias questões sobre esses temas.

Para conferir mais dicas sobre o que fazer na semana da OAB, clique aqui!

Resumindo: como montar um cronograma de estudos OAB

 

Demos várias dicas por aqui, então vamos recapitular tudo para garantir que você compreendeu os pontos mais importantes relacionados ao seu roteiro de estudos para a 1ª fase.

Confira no infográfico abaixo:

Gostou das nossas dicas? Esperamos que elas te ajudem no caminho da aprovação na OAB. Confiamos que, se você seguir exatamente o que indicamos por aqui, a carteira é certa!

Temos um webinar que mostrou, ao vivo, todas as dicas abordadas nesse conteúdo. Então se você quer prefere ver esse conteúdo em vídeo, clique aqui!

Compartilhe esta página com seus amigos e bons estudos!

Ah! E depois não se esqueça de mandar pra gente o seu depoimento quando estiver com a vermelhinha nas mãos 🙂