7 técnicas de resolução de provas para você aplicar na OAB

7 TECNICAS

É claro que não dá para garantir a aprovação no Exame da Ordem sem muitas horas de estudo. Fazer um bom curso preparatório e treinar ao máximo as matérias dos anos anteriores são algumas das estratégias que não podem ficar de fora do cronograma de qualquer candidato.

No entanto, mesmo se preparando muito, às vezes o nervosismo e a falta de concentração podem levar o concorrente a perder pontos valiosos. Além disso, por se tratar de um conteúdo extenso, é normal ter mais facilidade em algumas disciplinas e precisar de mais esforço para resolver outras questões.

Por isso, além de se preparar bastante, é interessante contar com técnicas de resolução de provas para garantir a aprovação. Ficou interessado? Continue a leitura e confira algumas estratégias!

1. Priorize as questões mais fáceis

As questões de uma avaliação não precisam ser resolvidas na sequência em que são apresentadas. Pelo contrário: o ideal é que o candidato se dedique primeiramente àquelas que considera mais fácil e só depois passe aos assuntos em que tem mais dificuldade.

Essa técnica é importante para evitar que, na etapa final da prova, o cansaço mental comprometa a resolução de questões que seriam facilmente resolvidas pelo candidato em uma situação normal. Além disso, a estratégia ajuda a manter o equilíbrio emocional, já que a sensação de não dominar o conteúdo logo no início do tempo disponível pode comprometer o andamento de todo o teste.

2. Faça marcações no caderno de provas

Ao resolver algumas questões, é comum ficarmos em dúvida entre duas ou três alternativas. Para esses casos, a sugestão é fazer uma marcação ao lado do número da questão que gerou incerteza, indicando se você não tem ideia da resposta, se está em dúvida ou outra situação que julgar relevante.

Você pode colocar uma interrogação quando não souber a resposta e usar setas para indicar as alternativas que acredita que podem ser a resposta correta. Quando você tiver certeza da resposta, basta colocar um OK ao lado da questão e ficar tranquilo. Feito isso, o recomendado é seguir em frente e não ficar preso na questão. Agindo assim, é possível economizar minutos valiosos.

Ao terminar de responder todas as questões que domina, volte em cada uma assinalada como dúvida e dedique o tempo de forma otimizada a cada uma delas, sempre priorizando as que geraram incerteza, em detrimento das que são totalmente incógnitas para você.

3. Destaque palavras importantes

É comum cada enunciado apresentar um comando que direciona a resolução da questão. Quem nunca marcou a alternativa errada pensando que a questão pedia para assinalar a resposta correta, por exemplo?

A dica, então, é destacar a palavra mais importante do enunciado, que pode ser: correta, incorreta, certa, errada, verdadeiro, falso, salvo, exceto, entre outras.

Esse detalhe faz toda a diferença principalmente quando já se passaram algumas horas da prova e o cansaço começa a aparecer. Nesses momentos, o candidato pode se distrair e perder a concentração, o que pode ser reduzido ao se destacar o que realmente mais importante em cada situação.

4. Fique atento a termos generalizadores

O graduado em Direito sabe que, na maioria dos casos, existem exceções para as regras. Por isso, é fundamental ficar atento às alternativas com termos que indicam generalizações, como “sempre”, “jamais”, “nunca”, “todos”, entre outros.

Uma situação emblemática do uso dessas palavras aparece em questões sobre a pena de morte no Brasil. Isso porque muitos candidatos acreditam que em nenhum caso essa pena é tolerada, enquanto há uma exceção: em situações de guerra declarada, a Constituição Brasileira prevê essa punição (inciso 47 do artigo 5º).

Se estiver em dúvida entre uma alternativa que apresenta uma dessas palavras e outra em que isso não acontece, a chance desta última ser a correta é grande.

5. Observe a alternativa mais detalhada

Ao ficar em dúvida entre duas alternativas, uma dica é dar preferência àquela cujo texto é mais explicativo.Isso porque a tendência é que a opção correta seja mais completa que as demais, já que a ausência de determinados termos pode implicar o sentido do conteúdo exposto.

Também é fundamental estar atento a trechos que podem invalidar uma alternativa. Em geral, eles aparecem deslocados na frase e oferecem informações contrárias ao disposto na lei.

6. Não se esqueça da folha de respostas

Um erro comum dos candidatos é se dedicar demais à revisão das alternativas assinaladas e gastar todo o tempo final tentando resolver as questões que não sabem ou que geraram dúvida. Mas é muito importante contabilizar o tempo necessário para passar as respostas para o gabarito com tranquilidade.

É possível adotar diferentes estratégias, como marcar tudo de uma vez ao final da prova ou assinalar as que você sabe a resposta e deixar as demais para os minutos finais.

Ao fazer simulados, procure utilizar as duas estratégias para perceber qual funciona melhor para você.

7. Contabilize o número de cada alternativa marcada

Esta técnica somente deve ser utilizada quando, esgotados todos os recursos anteriores, o candidato continua sem ter noção de qual é a resposta a ser marcada. Além disso, o ideal é conferir se esse recurso costuma ser adotado nas provas da banca organizadora da prova da OAB.

Se for esse o caso, ao final da prova, faça um balanço do número de vezes que cada alternativa foi marcada. Em uma prova com 80 questões, por exemplo, observe se alguma das alternativas não foi marcada nenhuma vez ou se aparece em quantidade muito reduzida. Assim, você pode privilegiá-la, esperando que haja uniformidade entre esse número.

Todo mundo sabe que não dá para fazer o Exame da Ordem contando com a sorte, não é mesmo? Muita dedicação e preparo são fundamentais para obter a provação e também para se preparar para o mercado profissional. No entanto, se o nervosismo aparecer ou se você se vir obrigado a enfrentar o famoso “branco”, recorra a essas técnicas e confie em seu potencial!

Gostou de conhecer essas técnicas e quer continuar se preparando? Então, aproveite para baixar nosso guia com os conteúdos mais cobrados na OAB!

Avatar

Autor:

11 comentários em “7 técnicas de resolução de provas para você aplicar na OAB”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *