7 dicas para driblar a falta de foco e passar na OAB

estudar-para-a-OAB_-28

Procrastinação e falta de foco são as principais inimigas do aprendizado. Quantas vezes você já se sentou para estudar e, de repente, percebeu que estava dando uma olhadinha nas redes sociais, conversando no WhatsApp ou permitindo que outras coisas tirassem sua atenção?

Isso acontece quando não nos preparamos devidamente para concentrar no que devemos fazer. Enquanto estivermos cercados por distrações e não transformarmos o aprendizado em uma rotina, não conseguiremos focar.

Se você está se preparando para a prova da OAB e quer ver seus estudos renderem bons resultados, confira as dicas que preparamos a seguir para melhorar a atenção e alcançar a aprovação!

1. Trabalhe o autocontrole

Antes de falarmos sobre seu ambiente e métodos de estudo, precisamos falar sobre você e sua atitude na hora de estudar. De nada adianta técnicas e cursos na internet para melhorar seu rendimento, se você não mudar seus hábitos procrastinadores.

O autocontrole é uma questão de prática. Primeiramente, você tem que querer estudar. Lembre-se de que o exame da OAB é um momento importantíssimo na sua vida e que sua carreira depende dele. Portanto, você precisa ter força de vontade para driblar a falta de foco e conseguir a aprovação.

Sempre que perceber que sua atenção está se dispersando, faça um esforço para voltar aos estudos. Se você acha que sua mente está muito agitada, incapaz de se concentrar, tente relaxar, fazer uma meditação e esvaziar-se de tudo que estiver atrapalhando seu foco.

2. Livre-se das distrações

Estudar em um ambiente cheio de distrações nunca dá certo. Se sua atenção for interrompida a todo momento pelo toque do telefone, por um vizinho barulhento ou por familiares batendo na porta do seu quarto, você nunca terá bons rendimentos.

A melhor forma de reverter essa situação é livrar-se de todas as distrações que estão atrapalhando seus estudos. Ou seja, enquanto estiver concentrado, desligue seu celular, procure um lugar silencioso e confortável e peça aos seus parentes para que não o interrompam nesse momento.

Jamais estude em frente à TV. Por mais que você pense que é capaz de manter o foco, isso é uma ilusão. Enquanto sua concentração estiver dividida entre duas tarefas, nenhuma delas serão bem-feitas.

3. Tenha todos os materiais às mãos

O curso de Direito exige que os estudantes variem seus métodos e materiais de estudo constantemente. É preciso usar o Vade Mecum para pesquisar leis, doutrinas para compreendê-las, resumos para fazer revisões, compilados de exercícios, um computador para pesquisar jurisprudências, entre outros.

Ao se sentar para estudar, é preciso que todos esses materiais — incluindo, também, canetas, lapiseiras, marca-textos e post-its — estejam próximos de você. Afinal, se você já sofre com a falta de foco e ainda tiver que se movimentar a todo momento para encontrar cada uma dessas coisas, seus estudos serão constantemente interrompidos, e depois será difícil retomá-lo.

4. Não seja pessimista

Você já percebeu que quando ficamos desesperados por achar que não vamos conseguir cumprir nossos compromissos, acabamos entrando em um turbilhão de improdutividade e esse medo acaba se concretizando?

A razão disso é muito simples: a negatividade destrói o nosso ânimo em cumprir qualquer tipo de tarefa. Consequentemente, não conseguimos terminar nada do que começamos, pois ficamos preocupados demais com os seus resultados.

Para evitar essa situação, você tem que se livrar de todo pessimismo na hora de estudar. Por mais que seja difícil, tente não se preocupar com o exame ou qualquer outro problema que esteja em sua mente no momento em que for preciso se concentrar.

Candidatos que já foram reprovados na OAB sofrem ainda mais com essa situação. O nervosismo e a negatividade são dois fatores que geram estresse e impedem que os estudos gerem bons resultados. Ao transformar tudo isso em otimismo, com a certeza de que você conseguirá alcançar a aprovação, os resultados serão muito melhores!

5. Aprimore seus pontos fracos

Muitas vezes, a falta de foco está diretamente ligada à dificuldade em aprender. É muito comum que as pessoas se interessem por disciplinas diferentes no Direito, tendo mais facilidade com algumas do que com outras.

Diante disso, você pode utilizar métodos para reconhecer quais são seus pontos fracos e descobrir como melhorá-los. A melhor forma de fazer isso é por meio de um curso preparatório que leve em consideração as peculiaridades de cada aluno, indicando as melhores formas de estudo para cada perfil.

Você também pode usar exercícios de provas anteriores para avaliar seus conhecimentos. Ao perceber que uma matéria específica lhe causa mais problemas, concentre seus esforços nela. Assim que as dificuldades forem superadas, você perceberá um aumento exponencial no aprendizado.

6. Respeite os momentos de descanso

Quem pensa que o aprendizado eficaz é aquele que leva o estudante aos limites do cansaço está completamente enganado! Os momentos de descanso são essenciais para evitar a fadiga cerebral e garantir que o conteúdo estudado seja fixado, impedindo que ocorra aquele “branco” na hora da prova.

Portanto, jamais permita que suas noites de sono sejam interrompidas pelo estresse de estudar até os seus limites. Respeite também seus momentos de lazer, pois estudar não quer dizer que você está proibido de se divertir. Praticar esportes e fazer exercícios físicos, por exemplo, são excelentes para manter o nosso cérebro em bom funcionamento.

Outra forma de driblar a falta de foco é fazer pequenas pausas durante os momentos de estudo, impedindo que seu cérebro fique entediado por se manter na mesma atividade. Você pode, por exemplo, estudar durante 50 minutos e fazer uma pausa de 10 para esticar as pernas, beber água e dar uma olhadinha nas redes sociais.

7. Alterne entre diferentes métodos de estudo

Ao estudar para a OAB, a primeira coisa que fazemos é pegar um livro e um Vade Mecum e, durante horas a fio, esforçamo-nos para ler, interpretar e memorizar os diversos artigos que costumam ser cobrados na prova.

O problema é que, após um longo período de estudo — ainda que você faça pausas intercaladas —, inevitavelmente acabamos perdendo o foco. Fica difícil manter a concentração em uma mesma atividade por tanto tempo assim.

Para reverter essa situação, você deve variar os seus métodos de estudo. Ao perceber, por exemplo, que já não é mais possível reter nenhuma informação dos textos que você está lendo, tente resolver algumas questões ou assistir às aulas de um curso online.

Ao variar o tipo de atividade, você terá um novo ânimo para aprender e, com isso, sua concentração será restaurada, rendendo mais algumas horas de estudo.

Com muita prática, esforço e disciplina, você logo perceberá que a falta de foco não será mais um empecilho ao seu aprendizado. Ao seguir essas dicas, temos certeza de que você conseguirá bons resultados no estudo e alcançará a tão sonhada aprovação na OAB!

Acha que este post foi útil para você? Então aproveite para compartilhá-lo nas suas redes sociais e ajudar outras pessoas que também tem dificuldades em se concentrar nos estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *