6 erros que você não pode cometer ao escolher o preparatório para a OAB

faculdade de Direito se estende por vários anos e os assuntos estudados são bem amplos. Esse é um dos motivos que faz com que um curso preparatório para OAB seja tão importante.

O Exame da Ordem conta com várias questões que abrangem as áreas estudadas durante a faculdade e, na primeira fase, o candidato deve acertar pelo menos 50% das perguntas. Na segunda etapa, precisa redigir uma peça processual e responder aos questionamentos.

Para dar conta de tudo isso, é imprescindível que o candidato escolha um bom curso preparatório, capaz de prepará-lo para o exame. Neste texto, mostramos 6 erros que você não pode cometer nesse momento. Confira!

1. Não verificar o material didático

O primeiro erro a não cometer no momento de escolher um curso preparatório para OAB é deixar de verificar qual é o material didático utilizado e como ele é disponibilizado.

Geralmente, os cursos optam por fornecer apostilas, apresentações de slides utilizadas na aula, resumos, tabelas etc. Outro material muito importante são os simulados, pois ajudam o aluno a se familiarizar com o estilo da prova e a relembrar os assuntos que costumam ser cobrados. Tudo isso deve ser considerado no momento de escolher o curso.

É fundamental também saber como esses materiais são disponibilizados, com qual periodicidade e se podem ser acessados já no começo do curso. Alguns preparatórios entregam livros para os alunos, mas isso pode elevar o preço ou gerar uma taxa extra. Leve tudo isso em consideração no momento da escolha.

2. Não conferir se o curso é atualizado

Um ponto fundamental e que não pode passar despercebido é sobre a atualização. Caso o curso seja reaproveitado de anos anteriores, pode conter materiais ultrapassados, o que se torna fatal para a resolução de certas questões.

Ultimamente, estão ocorrendo várias reformas na legislação, além das mudanças naturais nos entendimentos judiciais e de normas. E é natural que o exame foque em artigos e leis que foram recentemente modificados, justamente para testar se os candidatos se mantêm atualizados.

Apesar de cursos sérios e com boa reputação adotarem a prática de revisar as aulas sempre que uma norma é alterada, nunca deixe de conferir esse ponto. Afinal, uma única questão pode ser a diferença entre ser aprovado no exame ou não.

3. Considerar somente o preço

Muitas vezes, o valor do preparatório para a OAB pode pesar muito na decisão do aluno, mas tome cuidado: cursos com um custo baixo demais podem ter aulas reaproveitadas de outros anos. Além disso, pode não haver material didático, professores de alta qualidade e suporte ao aluno.

Muitos têm a ideia de que cursos online são muito baratos, e confiam em qualquer oferta. Mas a realidade não é essa. Os preparatórios disponibilizados na modalidade online devem oferecer as mesmas vantagens e suporte que os cursos presenciais. Alguns dos recursos encontrados são área de contato para o aluno, manutenção do sistema e dos vídeos, professores capacitados, material didático atualizado etc.

4. Escolher um curso que não tem bom histórico

Um passo fundamental no momento de optar por um curso para o Exame da Ordem é não olhar referências, histórico, avaliações e opiniões.

O candidato deve sempre considerar a avaliação de alunos que já fizeram o curso, consultar depoimentose verificar as reclamações dos usuários. Também é muito importante consultar os índices de aprovação. Afinal, se a aula tem um bom método de ensino e equipe capacitada, é natural que seja alto o índice de aprovação.

Verifique, ainda, a reputação da marca e se ela tem um bom histórico. Acesse o site, cheque as redes sociais e entre em contato, sempre buscando perceber como é o atendimento e a organização.

5. Não considerar a modalidade online

Os cursos preparatórios a distância estão em constante ascensão, e não é por acaso. Esse modelo de ensino alcança as pessoas em qualquer lugar, possibilita flexibilidade de horários e facilita a vida de muita gente.

Mas algumas pessoas ainda têm a ideia de que um curso online não é tão eficiente quanto um presencial, mas isso está longe de ser verdade. As aulas online permitem a interação dos alunos com os professores do mesmo modo que as presenciais. A diferença é que o contato é intermediado por uma plataforma, que deve ser funcional e atender às necessidades do aluno.

Além disso, quando os professores são capacitados, o aprendizado pode ficar ainda mais fácil, pois é possível rever o vídeo da aula, pausá-lo para fazer anotações e mesmo voltar para assistir a uma explicação novamente.

Por isso, não deixe de considerar este tipo de curso, principalmente se você tem uma rotina que dificulta os estudos. Acesse as aulas na hora que quiser, sem precisar sair de casa.

6. Escolher um preparatório que oferece pouco tempo para visualização das aulas

Essa dica serve para aqueles que pretendem optar por um curso online: verifique quantas vezes e por quanto tempo você poderá assistir aos vídeos das aulas.

Isso é importante principalmente para personalizar os seus estudos de acordo com o tempo disponível e com as matérias com as quais têm mais afinidades ou sente mais dificuldade.

Nessa modalidade de curso, geralmente a visualização das aulas pode ser feita por um tempo determinado: 1 mês, 3 meses, 6 meses etc. Por isso, verifique o tempo de duração do curso e por quanto tempo os vídeos ficarão disponíveis.

Às vezes, há uma quantidade limite de vezes que o aluno pode acessar cada vídeo. A maioria dos cursos opta por liberar o conteúdo para dois acessos. Outros disponibilizam certo número de horas para visualização. Analise qual opção é mais benéfica para você, de acordo com suas necessidades e expectativas.

Com essas dicas, você não cometerá erros ao escolher um curso preparatório para OAB e poderá optar por aquele capaz de prepará-lo para a prova e facilitar a sua aprovação!

Se você quer saber mais sobre o nosso curso preparatório ou esclarecer qualquer dúvida a respeito desse assunto, não deixe de entrar em contato conosco para que possamo ajudá-lo!


1 comentário em “6 erros que você não pode cometer ao escolher o preparatório para a OAB”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *