5 dicas para criar uma rotina de estudos para passar na OAB

rotina-oab

Para alcançar a tão sonhada aprovação na OAB, o estudante ou bacharel em Direito deve lançar mão de uma estratégia fundamental: o planejamento de uma boa rotina de estudos.

Mas o que seria uma boa rotina de estudos? Bom, é exatamente isso que será abordado neste texto. Não basta apenas fazer um cálculo genérico do conteúdo previsto no edital e dividi-lo pelo tempo disponível até o dia da prova. É necessário mais do que isso.

Uma rotina de estudos de qualidade requer uma abordagem cuidadosa do candidato, com a definição de quais matérias serão estudadas em cada semana e do período dedicado ao lazer, por exemplo.

Ficou interessado em saber como criar sua própria rotina de estudos? Continue lendo este post e confira o passo a passo que preparamos para garantir sua aprovação na OAB!

1. Monte um cronograma

O primeiro passo para elaborar um cronograma de estudos é fazer um diagnóstico da sua realidade. Isso significa que você deve conhecer bem quais conhecimentos serão cobrados na prova e o quanto você pode se dedicar a cada um deles.

Analise o edital

A leitura do edital da prova é fundamental, já que é ele que vai nortear todo o seu planejamento.

É importante que você leia todo o edital — todo mesmo, ainda que você esteja estudando apenas para a 1ª fase — e assinale as disciplinas e conteúdos com os quais você tem mais dificuldade e também aqueles que você tira de letra.

Essa noção vai ajudar você a privilegiar o estudo e a revisão das matérias consideradas mais difíceis, otimizando sua preparação.

Identifique sua disponibilidade

Suponhamos que você trabalha em horário integral, vai para a faculdade à noite e ainda realiza trabalho voluntário aos domingos. Com uma rotina dessas, aparentemente, não sobra tempo para os estudos, correto? Não necessariamente.

Coloque no papel, de forma detalhada, a sua rotina semanal e identifique quantas horas diárias você tem para se dedicar à OAB. Se a sua rotina for intensa como a do exemplo, uma sugestão é encaixar o estudo nos intervalos ao longo do dia.

Você pode, por exemplo, aproveitar para revisar o conteúdo no horário de almoço ou ouvir os podcasts do Saraiva Aprova enquanto estiver no ônibus para a faculdade. Que tal?

Por fim, utilize as informações obtidas e separe o estudo dos temas por dia. Uma boa gestão do tempo vai evitar que você tenha surpresas desagradáveis às vésperas da prova.

Caso você tenha dificuldade para adequar sua rotina a um cronograma de estudos você pode optar pela contratação de um coach especializado. Ele pode ajudar você a definir a melhor estratégia, de acordo com a sua rotina e disponibilidade.

2. Prepare o ambiente de estudos

Qual das duas alternativas você considera mais eficiente: estudar 6 horas diárias no sofá de casa, enquanto bate-papo com sua família e dá aquela conferida no WhatsApp, ou se dedicar por 2 horas consecutivas em um lugar silencioso, com boa iluminação e totalmente desconectado das redes sociais?

A segunda opção parece mais razoável, não é mesmo? Isso porque é mais importante investir na qualidade do estudo do que na quantidade de horas diárias, principalmente se você tiver que conciliar trabalho e estudo para a OAB.

Se esse for o seu caso, quanto melhor você preparar o ambiente de estudos, maiores serão as chances de alcançar seu principal objetivo: a aprovação definitiva.

Assim, abra mão das distrações e invista na qualidade da sua preparação. Você não vai se arrepender.

3. Revise o conteúdo

Como o volume de matérias da OAB é muito grande, é arriscado deixar para revisar tudo às vésperas da prova. Além disso, você pode ficar ainda mais ansioso ao se deparar na reta final com matérias nas quais você não teve tempo de se aprofundar.

Diante disso, o ideal é que você combine revisões mais frequentes — por exemplo, aos domingos, para fixar o conteúdo visto na semana — com um período mais intenso de revisão, às vésperas da prova.

Além disso, outra forma eficiente de revisar o conteúdo e otimizar o tempo é fazer isso a partir da resolução de provas antigas. É simples: faça os exercícios, confira o gabarito e, mesmo que tenha acertado, busque entender o porquê de cada alternativa ter sido considerada correta ou incorreta.

4. Faça simulados

Como a 1ª fase da OAB tem 80 questões a serem resolvidas em 5 horas, o candidato tem pouco mais de 3 minutos por questão. Isso mostra que a gestão do tempo é fundamental e pode fazer a diferença na hora H.

Os simulados são a melhor forma de ganhar agilidade para a prova, e você pode ter acesso a vários deles se estiver matriculado em um bom curso preparatório. E alguns estão disponíveis gratuitamente! Outra opção é acessar o site da OAB e baixar os últimos exames.

Simule as condições que você encontrará no dia da prova antes de começar a resolver as questões. Tire do seu alcance quaisquer materiais didáticos de apoio, desligue o celular, cronometre o tempo de “prova” e só se levante para ir ao banheiro. Dessa forma, você estará preparando seu corpo e a sua mente para o dia do Exame.

5. Durma bem e exercite-se

É bastante comum que durante a preparação para a OAB os candidatos foquem apenas no estudo e se esqueçam do valor de uma boa noite de sono e da prática de atividades físicas.

Já foi comprovado cientificamente que a prática de atividades físicas regulares aumenta a oxigenação do cérebro, melhorando a capacidade de cognição e a memória do estudante. Além disso, o aumento dos níveis de neurotransmissores contribui para a redução da ansiedade e do stress causados pela prova.

Os benefícios do sono de qualidade são parecidos com os da atividade física. Uma pessoa que dorme o mínimo de 8 horas por dia tem mais agilidade e concentração para realizar tarefas, se comparada àquelas que não dormem por tempo suficiente.

Agora que você já sabe a importância de uma rotina de estudos ideal para garantir sua aprovação na OAB, que tal baixar o cronograma de estudos que preparamos para otimizar o seu tempo? Bons estudos!

2 comentários em “5 dicas para criar uma rotina de estudos para passar na OAB”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *